28 julho, 2010

Morte aos touros

A partir de 2012 os aficcionados tauromáquicos já não poderão ir à Catalunha assistir a touradas. A bela Praça Monumental de Barcelona (na imagem) ficará eternamente assim, sem público, ou então agonizará pela implosão. O Parlamento regional aboliu esta actividade, típica da cultura espanhola, o que mereceu forte repúdio de largos sectores do meio, acusando ser esta uma medida «ditatorial» e um recuo ao período do franquismo. A ânsia de independência dos catalães conhece mais um capítulo. A Catalunha é, cada vez mais, um país dentro de outro país, acentuando o distanciamento com o poder central de Madrid. O Estado espanhol continua a desagregar-se. Depois da língua, da selecção regional e do veto aos touros, o que se seguirá?

1 comentário:

RS disse...

O título deste post é a antítese da feliz notícia que o motiva. De resto a proibição da tourada na Catalunha não é decisão virgem no interior do estado espanhol. As Canárias, onde não existe o mesmo tipo de sentimento independentista (pelo menos tão forte) já o fizeram antes. Quanto à Praça de Toiros, tem todas as condições para ser reconvertida em sala de espectáculos. Não sei o que lhe sucederá, mas a implosão não me parece de todo o único caminho.