05 março, 2012

Very good, Mr. Prime Minister!

 
Para não dizerem que é tudo mau neste executivo, reconheça-se que o inglês de Passos Coelho fica a anos-luz do demonstrado por José Sócrates.Vejam um excerto da  entrevista de Passos ao Bloomberg e depois digam-me se o nosso PM não dava um excelente ministro dos Negócios Estrangeiros? Era a oportunidade de ouro para o Relvas realizar, em todo o seu esplendor, o sonho de uma vida: que o tratassem pelo que ele só é na prática, não na teoria.

3 comentários:

Anónimo disse...

se acha que é melhor, também deve andar com o seu inglês muito por baixo.

Jorge disse...

Em termos genéricos, três erros gramaticais que não comprometem a inteligibilidade do discurso, razoável leque vocabular, e uma pronúncia que, sem ser grande coisa, demonstra algum jeito. Não diria "Very good", mas sim, é bastante melhor que o inglês do sr. engenheiro.

Anónimo disse...

É o que se chama um jeito do caralho.Ele que fale português, que pelo domínio da língua não vai mais longe que o outro, que também pecava pelos erros gramaticais, pela pronúncia e pelo emperramento e não comprometia a inteligibilidade do discurso.

Tirando Sampaio, Guterres e Barroso (melhor em franc~es que em inglês) as línguas não são o forte deste pessoal.