05 setembro, 2011

Ordem para taxar

A imbecilidade está a atingir os limites. Como não se pode proibir, o melhor é taxar. Hoje o «Gasparzinho» não abriu a boca para anunciar mais impostos, mas alguém tomou a liberdade de o substituir. Então não é que o senhor Bastonário da Ordem dos Médicos sugeriu a imposição de um imposto sobre a aquisição de «fast food», de forma a diminuir o consumo de alimentos nocivos para a saúde? A sua preocupação não é de menosprezar, mas o Dr. José Manuel Silva deve desconhecer que um hamburguer com batatas fritas, que admito tratar-se de uma bomba calórica, é uma refeição que se faz de forma relativamente económica, ainda para mais em altura de aperto. Se eu fosse médico de profissão era bem capaz de ir ao restaurante de luxo que a Ordem acolhe na sua sede, na Av. Almirante Gago Coutinho.

Sem comentários: