16 novembro, 2008

Incitamento à lambada

O presidente do Nacional, Rui Alves, o tal que quando era vereador da Câmara do Funchal ficou conhecido por «O quinhentos» por exigir umas comissões para viabilizar projectos, incitou os seus adeptos a reagirem violentamente contra os jornalistas, em especial, os do DN Madeira. «Temos que nos mostrar hostis em relação à comunicação social, eles têm que saber que também somos guerreiros e que damos duas bofetadas quando fazem estas atoardas em relação ao nosso clube», disse o dirigente madeirense. Com o devido respeito para todos os que têm raízes na Madeira, os dirigentes, políticos e desportivos daquela Região, padecem de uma das duas seguintes disfunções: ou tratam todos os seus problemas à moda siciliana ou então sofrem de irreversível incontinência verbal.

1 comentário:

RFF disse...

Nada de confusões, colega Nuno. Darei apenas alguns exemplos: Gondomar, Felgueiras, FC Porto, Marco de Canavezes... e mais não digo. Muito do que se passa na Madeira é fruto de muita imaginação jornalística. O "500" ou "1500" já não risca nada...